5 carros mais baratos da Hyundai

Você sempre acompanha no AutoPapo o ranking mensal com os carros mais vendidos do país. Mas será que quantidade de emplacamentos é sinônimo de um carro bom em tudo (ou quase tudo)? Como automóvel perfeito e acessível é difícil, resolvemos separar os 10 modelos mais comercializados do país e mostrar quais são os melhores carros em diversos quesitos.

Primeiro, vamos aos critérios. Elencamos os veículos de passeio mais vendidos no acumulado do ano (janeiro a novembro de 2020, veja a seguir). Desta forma, picapes estão de fora. E destacamos a versão que se sobressai em cada quesito, independentemente de motor, preço e equipamentos.

VEJA TAMBÉM:

Os 10 mais vendidos no acumulado de 2020 segundo a Fenabrave

Pos.
Modelo
Unidades vendidas
Chevrolet Onix 118.785
Hyundai HB20 76.117
Chevrolet Onix Plus 70.477
Volkswagen Gol 63.171
Ford Ka 59.425
Fiat Argo 57.526
Volkswagen T-Cross 52.686
Jeep Renegade 48.988
Jeep Compass 45.997
10º Renault Kwid 43.472

Os mais econômicos

5 carros mais baratos da Hyundai

Segundo testes do Inmetro para classificação de consumo no Programa Brasileiro de Etiquetagem Veicular (PBEV), entre os 10 mais vendidos do país, o carro com melhor consumo urbano é o Kwid. O subcompacto faz 14,9 km/l com gasolina e 10,3 km/l, com etanol.

Pouca coisa à frente do Onix Plus 1.0 aspirado, que anota respectivos 14,3 km/l e 10,1 km/l.

Já no ciclo rodoviário não tem para ninguém. O sedã compacto da General Motors com motor três-cilindros aspirado fez 17,7 km/l na estrada com gasolina e 12,5 km/l, com álcool.

Até a versão turbo manual do Onix Plus ficaria em segundo (17 e 12,2 km/l, respectivamente). O que mais se aproxima do carro é o seu irmão de fábrica, o Onix hatch 1.0 aspirado, que faz 16,7 e 11,7 km/l.

O mais seguro

5 carros mais baratos da Hyundai

Consideramos aqui, entre os melhores carros, os que têm mais equipamentos de segurança de série. Neste caso, o T-Cross se sobressai. Desde a versão de entrada 200 TSI, tem seis airbags, controles de estabilidade e tração, assistente à partida em rampas, bloqueio eletrônico do diferencial, sistema de frenagem automático pós-colisão, indicador de pressão dos pneus e sensor de ré.

A linha Onix também chama a atenção. A nova geração do hatch e do sedã chegou no fim do ano passado com seis airbags, ESP e monitoramento dos pneus para toda a linha. Mas sensores de ré só a partir de outras versões.

O Compass tem freios a discos nas quatro rodas e boa parte dos itens do T-Cross, contudo só sai com os dois airbags frontais obrigatórios por lei na versão de entrada Sport flex.

O mais espaçoso

5 carros mais baratos da Hyundai

Aqui a briga entre os melhores carros fica entre os dois SUVs de porte maior. O Compass tem espaço de sobra para pernas de motorista e passageiros e no banco de trás cabem tranquilamente dois adultos e uma criança. O T-Cross tem espaço semelhante, mas perde em porta-malas. São 410 litros no Jeep, contra 373 litros do Volks.

Em contrapartida, a carga útil do exemplar da marca alemã é melhor: 445 kg, contra 400 kg do utilitário feito em Goiana (PE) em sua configuração flex.

O mais equipado

5 carros mais baratos da HyundaiRegulagem automática de faróis é uma das novidades do Volkswagen T-Cross 2021

Neste quesito, ao avaliar os melhores carros, bom ressaltar que levamos em consideração os modelos mais equipados desde a versão de entrada. E o T-Cross manda bem. Além dos itens de segurança já citados, o SUV, traz bom recheio.

Ar-condicionado, direção elétrica, trio, sensor de luminosidade, rodas de liga leve aro 16”, retrovisores com setas integradas e tilt-down, piloto automático e a central multimídia de 10” são os destaques do Volkswagen desde a versão 200 TSI.

Os Onix e Onix Plus até são bem fornidos. Vêm de série, desde as variantes básicas, com regulagem de altura dos faróis, ar, direção elétrica, chave tipo canivete, entre outros. Mas deve uma central multimídia nos modelos mais baratos e as rodas são de aço.

O mais gostoso de dirigir

5 carros mais baratos da Hyundai

O Ford Ka ganha pelo conjunto da obra. Compacto e na versão 1.5, é um carro sempre na mão, com bom acerto da suspensão e ótima rigidez da carroceria. O propulsor três cilindros da família Dragon surpreende nas arrancadas e retomadas, a direção é direta e o modelo mostra agilidade em diversas situações.

Mas outros modelos entre os carros mais vendidos do país merecem menções mais que honrosas nesta categoria entre os melhores carros. O Renegade – com motor turbodiesel e caixa automática de nove marchas -, o T-Cross (nas duas motorizações) e o Fiat Argo também agradam muito ao volante, com desempenho condizente e construção sólida.

O com melhor desempenho

Aqui os motores turbinados fazem a diferença, só que mais no caso do T-Cross. Na versão Highline 250 TSI com motor 1.4 de 150 cv, o utilitário cumpre o 0 a 100 km/h em 8,7 segundos. E ainda se vale de retomadas convincentes com ótimo torque de 25,5 kgfm a 1.400 rpm. A máxima é de 198 km/h, segundo a Volks.

O segundo carro que mostra arrancadas mais ágeis, acredite, é o HB20 em sua versão 1.6 aspirada manual. São 9,3 segundos, o que supera até o T-Cross 200 TSI, com o 1.0 turbo de 128/116 cv (9,6 s). Abaixo da casa dos 10 segundos no restante dessa turma do top 10, só o Ka 1.5 manual e o Renegade 2.0 a diesel: 9,9 s.

O mais conectado

As linhas HB20, Argo, T-Cross e dos Jeep têm centrais multimídias bastante completas e intuitivas. A blueMedia da Hyundai é considerada uma das mais rápidas e completas, com direito ainda à TV digital em algumas versões.

O T-Cross acaba de estrear a VW PLay, bastante badalada pela marca, com aplicativos que permitem até pedir comida pela central, mas que carece de maior agilidade. As Uconnect da FCA também se sobressaem em suas categorias.

O com revisão mais barata

5 carros mais baratos da HyundaiHyundai HB20 encerra o ranking dos carros mais roubados

O HB20 confirma sua fama de manutenção com valores mais baixos. As seis revisões com preço fixo até 60.000 km totalizam R$ 2.815 na versão 1.0 aspirada e R$ 2.984, nas 1.6.

O modelo que chega mais próximo é o Kwid, com R$ 3.105 após as seis primeiras visitas, seguido do Renegade, só que apenas na variante turbodiesel, com três revisões no mesmo período (as visitas têm intervalos de 20 mil km) que somam R$ 3.233.

O melhor para a cidade

5 carros mais baratos da Hyundai

O Onix não é o mais vendido do país a toa. É um carro bem acertado para se andar na cidade, com custo benefício justo, desempenho suficiente, bom nível de conforto e baixo consumo de combustível.

Também cabe em qualquer vaga e tem acerto de suspensão que filtra bem os buracos, sem maltratar as costas dos ocupantes. Por esta razão, se mostra uma pedida para as idas e vindas do trabalho.

O melhor para viajar

5 carros mais baratos da HyundaiCompass é o único com motor aspirado na disputa

Pelo porte, porta-malas e conjunto mecânico, o Compass é o nosso escolhido nesse quesito. E aqui falamos das versões com motor turbodiesel, que garantam um desempenho bom para estrada, com consumo de combustível bastante interessante.

Além disso, motorista desfruta de bom espaço e ótima posição de dirigir. Sem contar o espaço e o nível de conforto do SUV médio da Jeep.

Confira os 5 carros mais baratos do mercado brasileiro em 2020

A pandemia gerou impactos negativos em toda a economia, mas as vendas de automóveis vêm se recuperando gradualmente. Em junho, os emplacamentos mais do que dobraram em relação a maio, um sinal de que existe uma demanda reprimida – ainda que restrita.

No mercado brasileiro, houve uma oscilação considerável de preços durante a pandemia, mas os modelos de entrada – conhecidos como carros populares – se mantêm entre os mais baratos do país.

Segundo levantamento da consultoria automotiva Jato Dymamics, os modelos mais acessíveis geralmente não oferecem itens como ar-condicionado e vidros elétricos de série, mas isso pode variar dependendo da versão.

Leia também:  Hatch 2018 em São Paulo com final da placa 7,8

Confira os 5 carros mais baratos do Brasil:

Renault Kwid 

5 carros mais baratos da Hyundai

A versão 1.0 Life do Kwid sai por 34.990 reais. Sem vidros elétricos nem ar-condicionado, o modelo é o mais básico possível. O famoso “carro pelado”. A potência é de cerca de 70 cv com seu motor de três cilindros.

Fiat Mobi

5 carros mais baratos da Hyundai

A versão mais básica do compacto Mobi, a Easy, está disponível a partir de 35.990 reais. Vidros e travas elétricas são opcionais e custam cerca de 2.200 a mais. Se o cliente quiser ar-condicionado, terá que comprar uma versão mais cara do modelo, pois no Mobi Easy não há essa alternativa nem como opcional.

Lifan 530

5 carros mais baratos da Hyundai

 (Lifan Motors/Divulgação)

Pouco conhecido, o modelo da marca chinesa promete espaço e conforto de um sedã por preço de hatch compacto: sai por 43.990 reais. O motor é 1.

5 – único nessa faixa de preço -, mas a gasolina.

O acabamento interno e o desempenho são itens a conferir, mas o pacote é atraente: tem ar-condicionado, trio elétrico, direção e banco do motorista com regulagem de altura, entre outros.

Fiat Uno

5 carros mais baratos da Hyundai

 (Fiat/Divulgação)

Um dos carros mais antigos do Brasil, o Uno passou por uma revolução há pouco mais de dez anos e continua entre os mais baratos do mercado. Sai a partir de 44.990 reais e oferece motor 1.0, com ar-condicionado de série.

Hyundai HB20 

5 carros mais baratos da Hyundai

 (Hyundai/Divulgação)

Na versão de entrada, motor 1.0 Sense, o HB20 custa 47.990 reais. Vem com ar-condicionado de série, direção elétrica, travas e vidros elétricos dianteiros. Como diferenciais, oferece itens como computador de bordo e banco do motorista com regulagem de altura.

5 carros mais baratos da Hyundai

O automóvel é um dos objetos mais cobiçados pelos brasileiros. Mesmo com tantos modelos disponíveis no mercado, algumas pessoas são exigentes e sabem exatamente o que procuram. Andar com um carro importado nas ruas e estradas é mais do que luxo, é garantia de conforto e performance. 

Venha saber um pouco mais sobre os carros mais baratos da Hyundai:

Modelo Preçosa partir de
Hyundai HB20 R$ 53.290,00
Hyundai HB20S R$ 59.890,00
Hyundai HB20X R$ 74.090,00
Hyundai HB20 Sport R$ 77.390,00
Hyundai Creta R$ 78.990,00

Veja o catálogo no Karvi 5 carros mais baratos da Hyundai

A Hyundai Motor Brasil está presente no país desde 2012, quando inaugurou sua fábrica em Piracicaba (SP). Com 2.

800 funcionários, é responsável pela fabricação e comercialização da família de veículos compactos HB20, desenvolvida especialmente para o consumidor brasileiro, e do SUV compacto global Creta, também em versão exclusiva.

Em 2019, ampliou sua capacidade de produção de 180 mil para 210 mil carros por ano e renovou totalmente a linha HB20, trazendo para o segmento de compactos itens de segurança até então inéditos, como o sistema autônomo de frenagem e alerta e o alerta de mudança de faixa.

Hyundai HB20

Em meados de 2020, a Hyundai começou a divulgar as primeiras mudanças na linha 2021 do HB20. São pequenas mudanças, já que o modelo não tem muito tempo no mercado. As versões mais baratas, que têm motor 1.

0 aspirado, ganharam pequenas alterações visuais e de equipamentos. Visualmente, a alteração foi feita na grade, agora pintada de preto. Além disso, chegam novas lanternas para as versões Vision e Evolution, que serão as mesmas do HB20X.

Outra mudança promovida pela Hyundai foi na lista de equipamentos, embora apenas nos opcionais. A marca decidiu unificar alguns itens de segurança, ao invés de oferecê-los separadamente.

Com isso, itens como estabilidade e controle de tração, assistente de partida em rampas, sinais de frenagem de emergência e airbags laterais vêm na versão Sense. 

E se a tiver que escolher uma versão e tiver câmbio automático, o HB20 1.6 também vem com apoio de braço central. Por fim, o HB20X recebeu o apoio de braço e os airbags laterais.

Falando em opções, a Hyundai lançou um novo pacote chamado “Pack”, que traz airbags laterais, câmera reversa, sensor de estacionamento, faróis de neblina, vidros elétricos e abertura e fechamento de vidros à chave. 

Veja abaixo as versões:

1.0 Sense Pack MT (H3)

  • Kappa 1.0 12 V Flex
  • Transmissão manual

Estilo exterior

Calotas de 14”, modelo Speed, pneus 175/70 R14 

Segurança

  • Airbag lateral de tórax 
  • Controles de estabilidade e tração 
  • Sinalização de frenagem de emergência (opcional)
  • Assistente de partida em rampa (opcional)
  • Cintos de segurança dianteiros e traseiros retráteis de 3 pontos com pré-tensionadores
  • Apoios de cabeça dianteiros e traseiros com regulagem de altura (x5)
  • Fixação Isofix® com top tether para cadeirinha de bebê

Conforto e conveniência

  • Ar-condicionado
  • Direção elétrica progressiva
  • Acionamento intermitente do indicador de direção (x3)
  • Banco do motorista com ajuste de altura por alavanca
  • Computador de bordo com 7 funções: autonomia, consumo médio em km/l, consumo
  • instantâneo em km/l, tempo de viagem, hodômetro parcial (x2) e aviso de revisão

Sistema de áudio

  • Rádio blueAudio® – integrado ao painel com conexão Bluetooth® com streaming de áudio
  • Acesso à agenda e ao histórico de chamadas, MP3 Player, conexões USB e auxiliar
  • Comandos de áudio e Bluetooth® no volante
  • Alto-falantes dianteiros (x2)1.0 Vision MT Pack

5 carros mais baratos da Hyundai

1.0 Vision MT

A versão HB20 Vision 1.0 acrescenta vidros elétricos traseiros, retrovisores externos com ajuste elétrico, chave principal tipo canivete com telecomando de travamento das portas e do porta-malas, painel de instrumentos supervision cluster, e opcionalmente pode ter a central multimídia blueMedia tela touchscreen de 8 polegadas com conectividade Android Auto e Apple Carplay.

1.6 Vision MT

Versão de entrada com motor 1.6 e câmbio manual de 5 marchas, acrescenta rodas com aro de 15″, retrovisores elétricos, maçanetas e retrovisores na cor do carro.

1.6 Vision MT Pack

Tem o mesmo conjunto mecânico e equipamentos que o Vision 1.6 MT, mas adiciona dois airbags laterais e controle de estabilidade e tração do pacote Safety Pack.

1.6 Vision AT

Versão de entrada com motor 1.6 e câmbio automático de 6 marchas, com os mesmos equipamentos de segurança do HB20 Vision MT com Safety Pack.

No modelo HB20, nas versões citadas os preços na Karvi podem variar de R$ 53.290,00 à R$72.590,00.

Hyundai HB20S

Para desenvolver uma nova geração de modelos HB20S 2021 e HB20 e HB20X, a Hyundai enfrenta um grande desafio: impressionar o mercado com a impressão que teve há sete anos. Ela tentou, mas falhou. Muitas pessoas dizem que o carro é bonito, enquanto outras não gostam de sua aparência. Na verdade, o novo e moderno HB20S é o mais harmonioso da nova geração do trio HB20. Seu estilo foi inspirado em seu irmão mais velho Elantra, com uma parte traseira maior e um estilo mais alto.

Falando do interior, a Hyundai para o interior mostra que ela deve satisfazer ao máximo os consumidores. Os painéis perderam as formas mais ousadas e adotaram um estilo mais tradicional, porém mais bonito. Existem mais linhas horizontais na parte superior do console central e até mesmo uma tela central multimídia flutuante.

Agora todas as versões contam com bancos reformados, mais ergonômicos e confortáveis. A configuração mais cara do HB20S é a Diamond Plus, que tem um acabamento interno mais claro, e os bancos e apoios de braço nas portas e console central são revestidos com couro cor de gelo.

Em termos de segurança, existem agora monitorização da pressão dos pneus, travagem automática de emergência e sistemas de aviso, avisos de mudança de faixa e câmaras de ré com funções de monitorização traseira. A partir da versão automática HB20S Vision 1.

6, ele também fornece controle eletrônico de estabilidade, controle de tração, assistência para partida em declive e sinais de frenagem de emergência.

5 carros mais baratos da Hyundai

1.0 Vision MT

Versão de entrada com motor 1.0 e câmbio manual de 5 marchas, básico, mas traz ar-condicionado e direção elétrica, entre outros itens básicos de conforto.

  • O motor Kappa 1.0 com bloco e o cabeçote de alumínio utilizam a configuração 3 cilindros com 12 válvulas para entregar performance de um motor maior com consumo de um motor menor.
  • Câmbio manual de cinco velocidades
  • Ar-condicionado
  • Direção elétrica progressiva
  • Vidros elétricos dianteiros e traseiros, e do motorista com função one-touch (descida e subida) antiesmagamento
  • Travas elétricas nas portas e no porta-malas com comandos na chave
  • Chave principal tipo canivete com telecomando de travamento das portas e do porta-malas
  • Retrovisores externos com ajuste elétrico
  • Banco do motorista com regulagem de altura
  • USB para carregamento rápido de celular
  • Computador de bordo com 7 funções: autonomia, consumo médio em km/l consumo instantâneo em km/l, tempo de viagem, hodômetro parcial (x2) e aviso de revisão
  • Porta-malas de 475 litros
  • Airbag frontal duplo
  • Freios ABS com EBD
  • Fixação Isofix® com top tether para cadeirinha de bebê
  • Cintos de segurança dianteiros e traseiros retráteis de 3 pontos com pré-tensionadores
  • Apoios de cabeça dianteiros e traseiros com regulagem de altura (x5)
  • Alarme perimétrico
Leia também:  Carros Chevrolet em São Paulo cor Prata a Gasolina com final da placa 9,0

1.0 Vision com safety Pack MT

Tem o mesmo conjunto mecânico e equipamentos que o Vision MT e adiciona itens de segurança ativa e controle de estabilidade e tração.

1.0 Evolution MT

Versão topo de linha com motor 1.0 e câmbio manual de 5 marchas, acrescenta ao Vision MT volante com regulagem de altura e profundidade, ar digital e rodas de liga leve.

1.0 Evolution Pack MT

Tem o mesmo conjunto mecânico e equipamentos que o Evolution MT e adiciona itens de segurança ativa e controle de estabilidade e tração.

1.6 Vision MT

Versão de entrada com motor 1.6 e câmbio manual de 6 marchas, básico, mas traz ar-condicionado e direção elétrica, entre outros itens básicos de conforto.

1.6 Vision AT

Versão de entrada com motor 1.6 e câmbio automático de 6 marchas e adiciona ao Vision MT controle de estabilidade e tração e alguns itens de segurança ativa.

1.6 Vision Pack AT

Tem o mesmo conjunto mecânico e equipamentos do Vision AT, com o adicional de alguns equipamentos de conforto e de direção semi automatizada

1.0 TGDI Evolution AT

Versão intermediária com motor 1.0 turbo e câmbio automático de 6 marchas, traz os mesmos equipamentos de conforto e segurança do HB20 Evolution 1.0 MT.

1.0 TGDI Diamond AT

Com mesmo conjunto mecânico e equipamentos do Evolution, tem quatro airbags e em equipamentos acrescenta chave presencial, faróis em LED e volante em couro.

1.0 TGDI Diamond plus AT

Mesmos equipamentos de conforto e segurança da versão Diamon, também compartilha o mesmo conjunto mecânico, traz bancos em couro e itens de segurança ativa.

Na versão HB20S os preços na Karvi podem variar de R$ 59.890,00 à 81.490,00.

Hyundai HB20X

Comparado com o HB20, o Hyundai HB20X tem mais características off-road. Na linha 2021, pode ser encontrado nas versões Vision, Evolution, Diamond e Diamond Plus. As duas primeiras configurações também possuem a opção Pack. Todas as opções são equipadas com motor 1.6 de aspiração natural de 130/123 CV, equipado com caixa manual de cinco marchas ou automática de seis marchas. 

Top 5: carros mais baratos do Brasil

Comprar um carro barato é o grande foco de diversos consumidores hoje em dia. Com a quarentena afetando o bolso de muitas pessoas é a hora de ajustar as finanças e optar por carros mais baratos.

O mercado de automóveis de entrada no Brasil está ficando cada vez mais complicado, já que cada vez mais os preços vão aumentando. Por isso, reunimos aqui os cinco carros mais baratos do Brasil. Acompanhe.

Mas afinal, quais são os carros mais baratos do Brasil?

Para montar a lista, levamos em conta somente os preços de tabela divulgados pelas fabricantes em seus sites. Afinal, ofertas e promoções podem variar de acordo com a região.

Antes, vale a pena parar e refletir sobre: o que são carros populares? Carro barato? Carro para brasileiro? Dizer que temos carros populares é na verdade uma grande contradição, sabemos que eles não são tão baratos. Os veículos que chamamos de populares, na verdade, ainda são caros.

Vamos aos carros mais baratos…

5. Ford Ka S – R$ 48.380

Versão de entrada do Ford Ka traz o motor 1.0 aspirado mais potente á venda no Brasil: são 85 cv e 10,7 kgfm de torque. Já tem ar-condicionado de série, suporte para celular e direção elétrica, mas não vai muito além disso.

4. Hyundai HB20 Sense – R$ 46.490

Modelo mais novo da lista, o Hyundai HB20 Sense tem visual polêmico, mas entrega um moderno motor 1.0 três cilindros de 80 cv e 10,2 kgfm de torque. A lista de equipamentos é generosa e já traz ar-condicionado, rádio com Bluetooth, direção elétrica e vidros elétricos.

3. Fiat Uno Attractive – R$ 44.990

Usando o mesmo motor e plataforma do Mobi Easy, o Fiat Uno Attractive tem como vantagem o maior espaço interno por conta do entre-eixos alongado e porta-malas maior. O Uno tem acabamento mais refinado que o Mobi, mas também é mais pesado e gasta mais combustível. A lista de equipamentos é a mesma.

2. Fiat Mobi Easy – R$ 35.990

Até poucos meses empatado com o Kwid em preço, o Fiat Mobi Easy segue a fórmula do subcompacto da Renault. Básico em conteúdo, tem motor 1.0 quatro cilindros de 75 v e 9,9 kgfm de torque contra 70 cv e 10 kgfm de torque do Kwid com motor 1.0 três cilindros.

1. Renault Kwid Life – R$ 34.990

Após a saída do Chery QQ, o compacto da Renault assumiu a posição de carro 0 km mais barato do país. Renault Kwid o carro mais barato do Brasil custa R$ 34.990 e traz nada além do necessário e obrigatório por lei. Os vidros são manuais, não há rádio, a direção não tem assistência e os detalhes de acabamento são todos em preto fosco.

E aí, curtiu a lista dos carros mais baratos do Brasil? Comenta aqui abaixo qual veículo você compraria dessa lista.

Leia também:

Classificado de veículos catarinacarros.com.br

Para 2021: os 5 carros populares mais baratos do mercado brasileiro — GARAGEM 360

A crise da Covid-19 afetou em cheio as vendas de veículos novos no país. No entanto, aos poucos, o mercado volta a aquecer.

Segundo a Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave), o mês de outubro foi, até o momento, o que registrou recorde de vendas do ano, com 215 mil unidades circulando pelas ruas, entre carros de passeio, utilitários leves, caminhões e ônibus. De acordo com a instituição, os clientes estão mais confiantes e tomando a decisão de compra, que é facilitada pela maior oferta de crédito.

Quer ganhar um e-book exclusivo com dicas para cuidar melhor de seu veículo? Assine nossa newsletter neste link.

Para quem pretende começar 2021 com um zero quilômetro na garagem, é possível encontrar opções interessantes de até R$ 60 mil. Confira cinco dicas do Garagem360 e de Lorelay Lopes, head de Negócios do UP Consórcios.

HB20 1.0 Sense – R$ 49.590É uma opção atraente para o comprador do primeiro carro zero. Entre os itens de conforto, há vidros elétricos dianteiros, travas elétricas, ar-condicionado e direção elétrica. Ajustes dos retrovisores externos são manuais.

Ainda fazem parte dos equipamentos de série de conforto e conveniência o banco do motorista com regulagem de altura, espelho de cortesia no para sol para motorista e passageiro, acionamento intermitente do indicador de direção (3x) e travamento automático das portas e do porta-malas a 20 km/h.

Fiat Argo 1.0 – R$ 53.

990Entre os itens de série estão aerofólio traseiro na cor do veículo, alarme antifurto, alertas de limite de velocidade e manutenção programada, ar-condicionado, banco traseiro rebatível, brake light, chave canivete com telecomando para abertura das portas, vidros e porta-malas, computador de bordo (distância, consumo médio, consumo instantâneo, autonomia, velocidade média e tempo de percurso).

Além disso, o modelo conta com direção elétrica progressiva, ESS (sinalização de frenagem de emergência), follow me home, HSD (High Safety Drive).

Leia também:  Carros Volkswagen Up com Volante com regulagem de altura a Flex Não blindado

Airbag duplo (motorista e passageiro) e freios ABS com EBD, lane change (função auxiliar para acionamento das setas indicando trocas de faixa), preparação para rádio (chicotes), quadro de instrumentos 3,5″ multifuncional com relógio digital, calendário e informações do veículo em TFT personalizável, travas elétricas (travamento automático a 20 km/h, vidros elétricos dianteiros com one touch e antiesmagamento e volante com regulagem de altura também compõem o veículo.

LEIA MAIS: Black Friday da Webmotors dará Hyundai Creta para quem acertar o valor do carro 

Renovado e mais potente, Toyota SW4 2021 pode custar até R$ 314.790

Sandero Life – R$ 55.990Como destaque em relação ao HB20 e o Argo é ofertar airbags laterais como equipamento de série.

Também tem alerta do cinto de segurança do motorista, travas Elétricas, direção eletro-hidráulica, banco em Tecido, maçanetas internas na cor preta, retrovisor com ajuste manual, retrovisor externo na cor preta, travas elétricas, ar-condicionado e maçanetas internas na cor preta.

Chevrolet Onix 1.0 – R$ 58.

590Entre os equipamentos de série estão seis airbags (duplo frontal, duplo lateral e duplo de cortina), ar-condicionado, assistente de partida em aclive, aviso sonoro e visual do cinto de segurança para todos os passageiros, banco traseiro bipartido e rebatível. Ele oferece chave tipo canivete dobrável, cinto de segurança do motorista com ajuste de altura, computador de bordo, conjunto de alto falantes – 4 unidades (2 tweeters e 2 dianteiros).

O carro tem também controlador de limite de velocidade, controle eletrônico de estabilidade e tração, controles do rádio e telefone no volante, direção elétrica progressiva, rádio AM/FM stereo, MP3/WMA player, bluetooth e entrada USB dupla (apenas carregamento), sistema de freios com ABS, sistema de distribuição de frenagem (EBD) e assistência de frenagem de urgência (PBA). Trava elétrica das portas com acionamento na chave, vidro elétrico nas portas dianteiras e traseiras com acionamento por “um toque”, antiesmagamento e fechamento/abertura automática pela chave completam as ofertas do modelo.

VW Polo 1.0 MPI – R$ 59.490Entre os equipamentos de série do Polo 1.

0 estão direção elétrica, assistente para partida em aclive/subida, sistema de alarme com comando remoto, banco do motorista com ajuste milimétrico de altura, dois airbags dianteiros com desativação do passageiro e dois laterais para os ocupantes dianteiros.

O modelo também tem  quatro alto-falantes, alerta sonoro e visual de não utilização dos cintos de segurança dianteiros, antena no teto, ar-condicionado com filtro de poeira e pólen, banco traseiro com encosto rebatível.

No pacote, o carro oferece computador de bordo com display multifuncional plus, controle eletrônico de estabilidade (ESC), controle de tração (ASR), bloqueio eletrônico do diferencial (EDS), desembaçador, limpador e lavador do vidro traseiro maçanetas das portas e espelhos retrovisores na cor do veículo, sistema de som touchscreen “Composition Touch” com App-connect, suporte para smartphone com entrada USB para carga. Há ainda travamento elétrico e remoto das portas, porta-malas e tampa de combustível e vidros elétricos dianteiros e traseiros com função “one touch” nos dianteiros.

Quanto custa manter os 5 carros mais vendidos do Brasil

Vale aqui uma explicação sobre os dados colhidos. A cesta de peças inclui um farol direito, um retrovisor externo direito, um para-choque dianteiro, uma lanterna traseira direita, um filtro de ar (elemento), um filtro de ar do motor, jogo de quatro amortecedores, duas pastilhas de freio dianteiras, um filtro de óleo do motor e um filtro de combustível (se aplicável).

O seguro é calculado com base no perfil de um homem casado, de 35 anos, morador da Zona Sul de São Paulo, com cinco anos de CNH e sem bônus.

A desvalorização foi pesquisada pela KBB, empresa especializada em pesquisa de preços de carros novos e usados, ao fim de um ano de uso (modelos à venda há menos de 12 meses foram ajustados, quando possível, conforme a desvalorização em seus primeiros seis meses de mercado).

Por sua vez, o consumo médio foi aferido pela Autoesporte. O combustível é sempre o etanol.

2 de 9
Chevrolet Onix — Foto: Bruno Guerreiro

Chevrolet Onix — Foto: Bruno Guerreiro

A nova geração do compacto passa pelo mesmo dilema da Strada: as suas vendas somam o modelo mais antigo. Por isso mesmo, foram levados em consideração os dois carros.

O novo Onix é um pouco mais caro de manter que o primeiro. E o preço da cesta de peças assusta um pouco em ambas encarnações.

– Cesta de peças: R$ 6.996

– Revisões até 60 mil km: R$ 3.124

– Consumo médio: 12,5 km/l de etanol com o motor 1.0 turbo e câmbio automático (o aspirado ainda não foi testado).

3 de 9
Chevrolet Joy (Foto: Divulgação) — Foto: Auto Esporte

Chevrolet Joy (Foto: Divulgação) — Foto: Auto Esporte

Onix JoyPor incrível que pareça, o antecessor também tem custos um pouco elevados, a despeito de ser um projeto antigo.

– Cesta de peças: R$ 6.394

– Revisões até 60 mil km: R$ 3.756

– Desvalorização: – 11,8%

– Consumo médio: 10,4 km/l

4 de 9
Hyundai HB20 Sense Pack 1.0 — Foto: Divulgação

Hyundai HB20 Sense Pack 1.0 — Foto: Divulgação

O segundo carro mais vendido do mercado é bem mais barato de sustentar do que o primeiro.

– Cesta de peças: R$ 4.575

– Revisões até 60 mil km: R$ 2.727

– Desvalorização: – 11,2%

– Consumo médio: 9,9 km/l com o motor 1.0 turbo e câmbio automático

5 de 9
Chevrolet Onix 2021 — Foto: Divulgação

Chevrolet Onix 2021 — Foto: Divulgação

O Onix Plus só não faz dobradinha com o Onix por uma diferença de 6 mil unidades em relação ao segundo colocado. O sedã de nova geração tem custos semelhantes aos do hatch.

– Cesta de peças: R$ 6.639

– Revisões até 60 mil km: R$ 3.124

– Desvalorização: – 10,5%

– Consumo médio: 11,3 km/l com o motor 1.0 turbo e câmbio automático

6 de 9
Chevrolet Joy Plus (Foto: Divulgação) — Foto: Auto Esporte

Chevrolet Joy Plus (Foto: Divulgação) — Foto: Auto Esporte

O veterano Joy Plus poderia ser mais barato de manter. A desvalorização encontrada é bem pior do que a esperada.

– Cesta de peças: R$ 6.481

– Revisões até 60 mil km: R$ 3.756

– Desvalorização: – 16,9%

7 de 9
Comparativo Fiat Strada — Foto: Fábio Aro

Comparativo Fiat Strada — Foto: Fábio Aro

A picapinha chegou a ser o modelo mais vendido do mercado por um tempo. A nova geração tem as vendas contabilizadas junto com a antiga.

Recém-lançada, a nova Fiat Strada tem custos interessantes para o segmento e é mais barata de manter do que muito hatchback.

– Cesta de peças: R$ 4.201

– Revisões até 60 mil km: R$ 3.624

– Desvalorização: Não disponível

– Consumo médio: 10,8 km/l com motor 1.3

8 de 9
Fiat Strada Hard Working — Foto: Divulgação

Fiat Strada Hard Working — Foto: Divulgação

A antiga Strada perdeu brilho com a chegada da nova. Ela poderia ter o argumento de ser mais barata de manter, porém chega a ter peças e seguro muito mais pesados. Além disso, a desvalorização é desanimadora, da mesma maneira que o consumo.

– Cesta de peças: R$ 5.872

– Revisões até 60 mil km: R$ 3.796

– Desvalorização: – 30,3%

– Consumo médio: 8,3 km/l

9 de 9
Volkswagen Gol — Foto: Divulgação

Volkswagen Gol — Foto: Divulgação

Olha o veterano aí! O modelo de 2008 ainda continua a ser um carro de bom custo-benefício. O seguro já não é tão elevado quanto antes, enquanto a desvalorização é das menores do mercado.

– Cesta de peças: R$ 4.409

– Revisões até 60 mil km: R$ 3.152

– Consumo médio: 11,8 km/l com motor 1.0

Quer ter acesso aos conteúdos exclusivos da Autoesporte? É só clicar aqui para acessar a revista digital

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*