Browsing articles tagged with "Arquivo de África - Página 5 de 5 - Jean Mello"

Ariovaldo Ramos – Vídeo Direitos Humanos

Dez 9, 2011   //   by Jean Mello   //   Artigos, Blog, Vídeos  //  No Comments

 

Ainda bem que para muitos – eu me coloco dentro desses sonhadores desenfreados pela vontade de ver o mundo como um lugar melhor – utopia é apenas o amanhã.

Em partes compartilho com o que Ariovaldo Ramos disse no vídeo. Apenas acho que ele deveria dizer que não a igreja, enquanto instituição, mas os seres humanos, que andam nos diversos lugares e, também, até mesmo os que antes andavam em sintonia com desejos verdadeiros de transformar a sociedade, que também em muitos casos se transformou em um negócio rentável, incluindo até quem se propõe a promover algum tipo de transformação, devem realmente envolver-se em algo que contribua para que a nação brasileira seja um lugar que contemple à todos e não apenas uma pequena parte da população. Ou seja, voltar ao início das coisas. Daria para enquadrar muitas organizações não governamentais que antes de seu nascimento caminhavam junto com os movimentos sociais, mas que hoje dizem em seus megafones que mostrar pobreza é coisa ultrapassada – sei que centenas realizam trabalhos sérios, só que já vi de perto outras muitas que geram riqueza aos seus donos e atraso ao Brasil.

Estou para ver nesse país alguém que realmente toque nessa ferida, ainda mais quando falamos de pastores. Ariovaldo também falou uma palavra que em muitas igrejas, ou até em outros lugares no Brasil, é pior que um palavrão: racismo. Só por ter tocado nesse assunto dá pra perceber a seriedade de todas suas atuações. Além disso, vincular os evangelhos com mobilizações sociais é, simplesmente, colocar em pauta a verdade daquilo que Cristo pregou.

Certo, o que mais vemos, nas milhares de portas abertas que chamam de igreja é dizer que Cristo veio para trazer riquezas materiais: mentira! Vamos lá, sempre em busca de resgatar princípios do evangelho, aquilo que em nossa sociedade e, quase que principalmente dentro das igrejas, está cada vez mais escasso. Em todo caso, com relação à quase tudo que ele disse, é também Meu Clamor.

PS – Esse vídeo apareceu no mural do meu amigo Robson Silva Undoing

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • Digg
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

Um dos caminhos para mobilização: Coleção História Geral da África

Out 25, 2011   //   by Jean Mello   //   Artigos, Blog, Crônicas  //  4 Comments

Com o envolvimento de mais de 350 especialistas, e sob a direção de um Comitê Científico Internacional formado por 39 intelectuais, a Coleção Geral da História da África é a principal referência para quem deseja acessar uma versão não colonialista sobre o passado do segundo continente mais populoso da Terra

Declarado pela Assembleia Geral das Nações Unidas como Ano Internacional para os Povos Afrodescendentes, 2011 é um momento ímpar para impulsionar e visibilizar mobilizações que envolvem a população negra no mundo inteiro, com a incumbência de ter continuidade ao longo dos anos.

Uma das conquistas, não apenas para o Brasil, mas também para os países africanos de língua portuguesa (Angola, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique e São Tomé e Príncipe), de bastante importância e relevância de resistência histórica, foi a tradução ao português da Coleção História Geral da África, em dezembro de 2010. A publicação vem ganhando força durante o ano, principalmente nos três primeiros meses, período em que alcançou mais de 80 mil downloads. As versões impressas encontram-se em todas as universidades e bibliotecas públicas do Brasil.

A tradução se deu por conta das parcerias entre a Organização para a Educação, a Ciência e a Cultura das Nações Unidas (Unesco), a Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) e a Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização e Diversidade do Ministério da Educação (Secad/MEC), sabendo que também essa já era uma demanda solicitada por parte do Movimento Negro no Brasil e outros Movimentos de Libertação em países africanos. A edição em português veio quase trinta anos depois da publicação original. Editada pela UNESCO, entre as décadas de 80 e 90, os volumes foram sendo disponibilizados em diversos idiomas: inglês, francês, chinês e árabe.

Leia mais >>

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • Digg
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

Um poema nosso… A força de uma palavra qualquer…

Out 8, 2011   //   by Jean Mello   //   Blog, Crônicas, Poesias  //  2 Comments

Quando nasce uma poesia junto com ela vem o sentimento, alegre ou triste;
Simplista meu detalhamento acerca dos sentimentos não é? São apenas palavras…
As palavras se juntam e dá pra ler ainda mais que o que está no papel,
Não se restringe ao que está escrito, dito, compartilhado
Diz muito mais que as palavras impressas, fala até mais que o poeta
Não precisa de rima e nem de algumas regras desnecessárias,
O que não pode ficar de fora é a alma no papel
Leia mais >>

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • Digg
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

NKOSI SIKELEL IAFRIKA (DEUS ABENÇOE A ÁFRICA)

Mar 27, 2011   //   by Jean Mello   //   Blog, Crônicas  //  1 Comment

Neste ano de 2010 os olhos de muitas pessoas no mundo inteiro estavam voltados para a Copa do Mundo da África do Sul. Apesar da breve campanha da seleção brasileira, de certa forma, fiquei feliz com alguns acontecimentos. Adorei ter visto Nelson Mandela. Com seus noventa anos, sem dúvida nenhuma, ele á uma das figuras mais representativas na luta contra o racismo.

Vinte e sete anos de prisão do corpo, mas não da alma. Não tenho a ilusão de que acabou. Porém, não dá para desconsiderar tudo que o mundo pode ver através do trabalho realizado contra o regime apartheid. Daqui pude sentir, mesmo tendo vivido em outra época e muito longe, geograficamente, da África. Isso não faz diferença… Meus antepassados viveram lá e de alguma forma pude ver o que se configurou no continente que foi roubado, depois da colonização.

Que tempo injusto para Nelson Mandela. O melhor foi saber que a semente plantada por ele foi linda. Vivo em uma geração que pode colher coisas importantes, de uma árvore plantada junto aos ribeiros de águas, na luta contra a discriminação racial travada na África do Sul. A coragem que moveu o coração de grandes articuladores, liderados por Nelson Mandela, num país tomado por leis e práticas contra a população negra, é de arrepiar.

Leia mais >>

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • Digg
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS
Páginas:«12345

Colabore

Licença Creative Commons
Este obra foi licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 2.5 Brasil.