Browsing articles in "Projetos"

Também sou Suburbano Convicto

Dez 14, 2015   //   by Jean Mello   //   Artigos, Blog, Crônicas, Entrevistas, Projetos  //  No Comments

Bixiga

Vai rolar nessa terça – 15 de dezembro – a última edição do Sarau do Suburbano Convicto.

Nessa oportunidade farei o lançamento do meu novo livro, “Fim de Tarde”.

Depois de colar na Galeria Olido e no Memorial da América Latina com essa obra, irei em um lugar que há muito tempo quero estar. Fui convidado pelo mentor da parada, Alessandro Buzo.

Firmeza… Quero ver você lá e, de preferência, com seu poema. Bora?

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • Digg
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

Jean Mello: “Meu combustível é a utopia”

Jul 28, 2015   //   by Jean Mello   //   Artigos, Blog, Crônicas, Entrevistas, Poesias, Projetos  //  No Comments

 

kazua-apresenta-jean-mello-624x229

Jean Mello se define escritor-músico e ressalta que estas duas expressões criativas são indissociáveis em sua vida, embora entenda que ser músico “transcende tudo”. Ele também é educador e esta realidade o transformou em um pensador que encontra combustível na utopia para propor alternativas para repensar a formação dos indivíduos.

Começou a tocar violão aos doze anos de idade, irritando os demais habitantes da casa ao treinar depois da aula: “Aprendi ouvindo muito as músicas que gostava e comprando as revistas nas bancas de jornal. Treinava sempre após voltar da escola, esquecendo até das atividades educativas formais”, conta.

Sua trajetória com a música o fez descobrir que gostava de compor suas “próprias mensagens”, diz, e completa o raciocínio descrevendo a composição musical como “poesia que nasceu antes mesmo de ser colocada no papel”.

O autor começou a divulgar seus escritos com a criação de um site, em meados de 2008 e foi a reação do público que o incentivou a organizar seu primeiro livro, publicado em 2013. Constatação semelhante se deu em relação à gravação de seu primeiro disco, Olhos Abertos, do qual resolveu dar a conhecer algumas músicas mesmo antes da concepção final do trabalho.

Nascido na Zona Sul de São Paulo passou a infância entre a Vila Santa Catarina – uma travessa da tão conhecida Rua Alba, espaço de Literatura Marginal, rap e das pessoas vidradas nos jornais sensacionalistas –, a Vila Mascote e a Vila Campestre. E diz que foi mais feliz nesta última: “Uma rua de paralelepípedo em que, junto com meu irmão mais novo e uma galera de lugares que eu nem sabia ao certo, jogávamos horas de futebol e brincávamos de esconde-esconde, pega-pega, polícia e ladrão e, apenas quando duas vizinhas chamavam, Cíntia e Sara, pulávamos corda. Eu, meu irmão e a rua toda, pagávamos um pau para elas. O ruim é que elas nunca deram bola, gostavam apenas de brincar mesmo…”. Atualmente mora na Vila Joaniza e diz com orgulho “Amo minha quebrada”.

Reconhece no esforço da mãe a possibilidade de estudar em escolas particulares durante quase toda sua vida, “minha mãe fazia questão”. Era segundo suas palavras: pioneira, inovadora, guerreira, empreendedora, eloquente. É do pai que vem a inspiração para a música. Entre suas inúmeras atividades das quais se ocupava para pagar as contas, ele encontrava tempo para tocar em uma banda de músicos virtuosos da Canção Nova, Igreja Católica Carismática. “Toda música boa que escutei veio por intermédio dos meus pais. MPB, principalmente”, enfatiza, e sobre o pai relata “toca violão como ninguém e só escuta som de primeira. Som de negrão…”.

Sobre sua inspiração diz que aprende em diversas fontes formais como Filosofia, Educação e Psicologia, mas não acredita na que é ensinada nos bancos universitários, “minha maior escola foi a rua”. Suas referências que também vem de “Alguns compositores e artistas. Algumas pessoas inseridas na multidão”.

Fonte: Editora Kazuá

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • Digg
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

Soberano e Vital!

Dez 3, 2014   //   by Jean Mello   //   Artigos, Blog, Músicas, Poesias, Projetos, Vídeos  //  No Comments

Cruz

Não me esqueci! Tenho de finalizar minha série de textos sobre as composições de minha autoria, lançadas nesse ano em meu novo disco, Olhos Abertos.

A verdade é que, em dias inusitados e de correria plena, as ideias se misturam. Mas, quando o compromisso é lançado, tem de ser cumprido. Antes de ir adiante, o legal é dar uma recapitulada, situar quem está lendo, colocando, um por um, os títulos dos textos anteriores. Assim você pode visitá-los aqui pelo blog.

 

1) Com a guitarra nas mãos e o coração aberto!

2) O meu e o seu mundo…

3) Nasce a nova luz em meio a falta de amor…

4) Ao longe a solidão e a falta de amor…

5) Estrada de Percalços…

6) Não Tive Medo – Jean Mello (Clipe Oficial)

7) Voando e ainda mantendo acesa a chama da esperança!

 

Tive de ativar minhas memórias. Fazer novamente o percurso. Colocar em dia o que esquecido estava. Nada simples…

Hoje é um pouco mais fácil. Único e Soberano, música que finaliza meu mais recente projeto, e também esses inúmeros textos, nasceu como uma confissão de fé em Cristo Jesus.

O Cristo que creio não é intolerante e nem fundamentalista. É o Deus das parábolas, da leveza e, ao mesmo tempo firmeza, quando o assunto era colocar novamente nos eixos quem queria alienar, através da dureza da lei.

O Deus do fardo leve. Eita que me emociono ao pensar nos evangelhos, mudou tudo e todos.

Nem falo dos templos de pé, cada um que cuide do seu. Falo do Templo que Ele reconstruiu em apenas três dias.

Único e Soberano, resume o que Ele sempre foi, mas não quis usurpar o fato de Ser. Era, é e sempre será o Deus Verdadeiro. Longe da minha e da sua maneira de ser. Simples…

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • Digg
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

Oficinas Educativas em Aldeias Infantis de Rio Bonito

Jun 25, 2012   //   by Jean Mello   //   Blog, Projetos  //  No Comments

Projeto em parceria com Aldeias Infantis S.O.S de Rio Bonito. Ainda temos vagas. Corra!

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • Digg
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS


Colabore

Licença Creative Commons
Este obra foi licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 2.5 Brasil.