Jean Mello na Editora Kazuá

Jun 5, 2015   //   by Jean Mello   //   Artigos, Blog, Crônicas, Entrevistas, Publicações  //  No Comments

vem-ai-jean-mello-624x624

Ao iniciar meus trabalhos dessa sexta (05/06/2015) – bem cedo – encontrei essa imagem em minha caixa de mensagens. Um post anunciando minha chegada na editora Kazuá.

Acompanhe. Além do Exalando Esperança, um livro meu que será publicado em setembro desse ano, tem outro rolando. Isso mesmo, em 2015, dois livros de Jean Mello.

Ao entrar em contato com algumas crônicas de minha autoria, a Kazuá resolveu produzir uma coletânea de meus escritos. Verdade… Tudo indica que no segundo semestre o livro estará em livrarias de todo Brasil.

O trabalho de edição já começou e está a todo vapor…

Respondi uma longa entrevista com perguntas profundas. Coisas da infância, dos meus pais, de como chega minha inspiração, linguagens artísticas de minha alçada – não pude deixar de fora duas grandes paixões da vida, música e literatura –, coisas sobre minha história.

A entrevista ainda não foi para o mundo todo através do poder da rede virtual. Mas recebi uma mensagem afirmando que vão postar aos poucos. Quando sair, lógico, vou indicar por aqui. Por enquanto, a editora me apresentou para seu público. Confira as palavras da equipe editorial…

 

Vem aí… 

O imaginário do autor

Para um escritor as palavras são a expressão de sua existência. A obra resulta de sua relação com o mundo e consigo mesmo, e talvez por isso o processo da elaboração de um livro seja tão envolvente. São pensamentos traduzidos em enredos, personagens, ambientes, cenários, objetos: tudo! E este tudo sai apenas de um lugar: o imaginário do autor. Ter uma ideia e logo conceber suas possibilidades: pesquisar, rabiscar, escrever, apagar e recomeçar até que a obra se complete. Um momento único na vida de cada autor. 

 

Embarquei nessa empreitada literária. Agora não tem mais volta. Mas quem disse que quero voltar? É como diz o mestre Bob Marley: Me disseram que quem sonha alto o tombo é grande. Só que se esqueceram de me perguntar se eu tenho medo de cair.

 

Saudações literárias!

PS – Clique aqui para ver a publicação original.

 

Related Post

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • Digg
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

Comentários Facebook

Leave a comment

CommentLuv badge

Colabore

Licença Creative Commons
Este obra foi licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 2.5 Brasil.
Email
Print
Read previous post:
“No Princípio Era o Verbo”

Olha só aquele shopping, que da hora! Uns moleques na frente pedindo esmola De pé no chão, mal vestidos, sem...

Close